quinta-feira, 24 de março de 2016

Noticias boas, más e mais ou menos.

Amanhã faz oficialmente uma semana que não ponho os pés no ginásio.

Shinobu Maria!!!! Perdeste o juízo? Então não estavas empenhada em tornar-te uma pessoa fit cenas e tal?

Realmente tinha esse objectivo e cada dia que passa sinto uma espécie de culpa maior. Olho para o espelho e parece que o meu tamanho triplicou. Estou com problemas de visão como é claro!


Eu não tenho ido ao ginásio porque comecei a trabalhar na sexta-feira passada. Infelizmente não é um trabalho na minha área, mas estou bastante grata por me terem dado uma oportunidade. O meu horário é das 11h as 20h com uma hora de almoço. Não vou dizer que é um horário mau... Mas tenho de admitir que me custa acordar as 6h30 para apanhar autocarro às 7h e tal para estar uma hora e pouco no ginásio, voltar e chegar a horas ao trabalho.


Nunca fui uma pessoa matinal, muito menos para começar o dia com uma tortura corporal. Tenho de ganhar forças onde não tenho, senão a minha vida de ginásio vai acabar por se extinguir durante um tempo indeterminado. 






sexta-feira, 18 de março de 2016

Plano de Treino Fevereiro/Março - Parte 2

Este treino não é nada de especial, alias acho que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimentos em desporto conseguia montar um treino assim. A minha instrutora quis-me torturar então decidiu criar 1h45 minutos de cardio, mas não é um cardio qualquer... é um cardio daqueles mesmo aborrecidos.

Então o meu "segundo dia de treino" é assim:

35 minutos de corrida na passadeira

35 minutos de elíptica



35 minutos de bicicleta tipo spinning

Pronto, o treino é esta coisinha e apesar de não estar no meu plano, faço sempre abdominais diversos porque estou obcecada em perder uns cms de banha na barriga. Mas vamos ser sinceros... é claro que a maioria das vezes não consigo fazer este treino por completo. Por norma quando saio da passadeira estou prestes a cair para o lado e faço um esforço para fazer o spinning. Muitas vezes acabo por fazer mais 15 minutos de spinning e deixo a elípica de lado. Isto porque quando me enfio na eliptica depois da corrida, as minhas pernas começam a falhar e é uma alegria. Apesar de ser uma fraquinha, passo o treino todo com aquele ardor e quando paro tenho as pernas dormentes. Um dia pode ser que consiga fazer tudo.

Aqui está possivelmente um dos motivos que revelam porque não ando a emagrecer assim tão rápido, Sou uma baldas.




terça-feira, 15 de março de 2016

Pizza fingida de courgette

As vezes o que me aborrece mais em fazer uma "dieta" é pensar no que tenho de cozinhar. Se me levar pela preguiça como peito de frango com salada de alface todos os dias. Ontem comecei a pensar no que devia fazer com uma courgette que tinha no frigorífico e a minha gordice começou a sonhar com pizza. Portanto decidi fazer uma espécie de pizza fingida de courgette. 

Nada melhor do que pegar em ingredientes que temos em casa e inventar! Tenho quase a certeza que alguma alminha já tinha inventado algo do género, mas sabe bem soltar as rédeas e fazer algo que juntamos na nossa cabeça. Soube ainda melhor quando provei e estava delicioso!

As vezes experimento coisas novas à base de receitas que vejo em blogues, pode ser que esta receita dê ideias a alguém também.


Pizza Fingida de Courgette


Ingredientes:

  • 1 colher de azeite 
  • 1 courgette pequena
  • 2 ovos
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 2 fatias de queijo flamengo picado
  • 3 salsichas de aves
  • Cogumelos a gosto
  • Sal e pimenta a gosto
  • Orégãos a gosto 

Modo de preparo:

Numa frigideira coloquei uma colher de azeite e espalhei de maneira uniforme com a ajuda de um guardanapo.Coloquei a courgette cortada as rodelas a preencher o fundo da frigideira, temperei com uma pitada de sal e pimenta, coloquei a tampa da frigideira e deixei uns minutos em lume brando. Bati dois ovos, temperei com uma pitada de sal e coloquei em cima da courgette de modo a preencher todos os espaços entre a courgette, coloco a tampa da frigideira e deixo até ficar em modo "omelete". Coloquei a polpa de tomate, uma pitada de orégãos e os restantes ingredientes e deixei mais um pouco com a frigideira tapada.

p.s podem trocar as salsichas de aves por um alimento que considerem mais saudável e podem usar outro tipo de queijo, usei só duas fatias de queijo flamengo porque era o que tinha disponível em casa.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Quando a esmola é muita o pobre desconfia

Como sabem tenho andado à procura de trabalho nas diversas áreas onde tenho formação e apesar do meu insucesso ontem tive oportunidade de ir a uma entrevista e não fui.

Shinobu Maria! Como assim não foste?!

Ora bem, vou-vos contar uma história. Quarta-feira recebi um e-mail na minha conta que dizia algo assim do género:
"Boa tarde Shinobu Maria, nos somos a empresa X e estamos à procura de uma pessoa para o cargo de markting e promoções e apesar de não te teres candidatado a esta vaga, nos temos contacto com vários sites de procura de trabalho e encontramos o teu currículo. Se verificarmos que o seu currículo se adequa à vaga, entraremos em contacto por telemóvel."
Eu li isto e achei muito estranho, de facto ignorei, pensei que era algum tipo de spam ou algo do género. Mas mais tarde ligaram-me para ir a uma entrevista no dia a seguir na morada X. Na altura até me entusiasmei e disse que ia, mas depois fui pesquisar sobre a empresa na internet... 

Procurei pelo nome, não apareceu nada. Procurei pela morada e apareceu-me um monte de empresas supostamente fictícias e um monte de pessoas a dizer que era fraude. A entrevista era em Lisboa e portanto decidi não arriscar, acho que não me iam matar ou algo do género. Mas na via das duvidas eu já sou pobre e assim pelo menos não gasto 10 euros em algo que provavelmente não iria dar em nada.

Já agora deixo aqui umas provas:

A "empresa" que me contactou é a UP - A new idea e a morada é a seguinte:
Avenida Duque de Loulé nº72, 4 andar
1050-091, Lisboa

sexta-feira, 4 de março de 2016

Da ida à nutricionista

Sei que já não venho cá à algum tempo, mas a minha vida de desempregada, incrivelmente está a ser demasiado ocupada. Na publicação anterior mencionei que ia a uma nutricionista e realmente fui. Ela perguntou-me o que costumo comer para ela fazer algumas alterações na minha ementa. Ela chegou a conclusão que eu devia estar a perder peso, mas que como não estou, provavelmente está relacionado com os "dias da asneira". Mas pronto, não é preciso ter um mestrado ou um doutoramento em nutrição para saber isso, até eu já tinha chegado a essa conclusão.


Ela fez algumas alterações e sinceramente algumas deixaram-me chocada ou até com o pé atrás. Eu com a dieta dos 31 dias tinha deixado literalmente de comer sopa, porque a dieta proibia cenoura e abóbora cozida. Eu suporto sopa sem batata... uma pessoa usa chuchu ou courgette e a coisa está resolvida, mas quando o livro dizia que devia comer uma sopa que levava apenas courgette, alho francês e cebola, além de parecer mais um sumo que uma sopa, não tinha um sabor assim tão agradável.

Então e o que a senhora nutricionista me recomendou? Para comer sopa ao jantar... e a sopa pode ter batata e tudo. O meu cérebro ficou um pouco a fazer faisca e estou com conflitos sérios na minha cabeça. É que comer sopa com batata numa dieta, vai contra tudo o que aprendi nas pseudo dietas que fiz até hoje.

Eu que adoro sopa com batata não me queixei, mas ao mesmo tempo fico a pensar que me estou a sabotar e estou a deixar que isso aconteça para depois culpar a nutricionista?! 



Para além da sopa, temos a questão da fruta. A dieta dos 31 dias, para além de ter um numero restritos de fruta que posso comer, impõe o limite de uma peça de fruta por dia. A senhora nutricionista aconselhou que ingerisse no mínimo três peças de fruta por dia e por mais que adore fruta, tenho de confessar que nem todos os dias consigo ir de acordo com esta recomendação.

E pronto, tirando isso disse para alternar o pão integral com umas panquecas ao pequeno-almoço, coisa que já fazia. Comer iogurte magro com fruta ao lanche e iogurte magro com frutos secos à ceia.

Não tenho comido porcarias nenhumas, nem ido a festas... vamos ver como é que a avaliação vai correr esta mês.