quarta-feira, 26 de junho de 2013

15 de Junho de 2013

Tenho-me refugiado na companhia de várias pessoas na esperança de me esquecer deste pensamento de ti, todos os detalhes que o amor tornava perfeitos, o teu olhar meigo acompanhado com esse sorriso maroto que me deixavam doida, as tuas brincadeiras parvas ou até mesmo momentos idiotas que tinhas, mas depois, vêm me ao despertar da minha memória aquilo que tantas vezes me deixa indiferente, tantas vezes em negação... A tua ausência quase permanente, dificulta-me o pensamento de que me deixaste. O facto é que tu não nunca foste meu a 100% e o meu cérebro teima em não perceber a diferença de estar sem ti.

20 comentários:

  1. o amor será sempre o sentimento mais complexo da vida, que nos da momentos felizes e dolorosos, não existe amor sem dor, lol e os meus poemas sao simples, nao precisam de ser interpretados. e boa sorte para a tua vida amorosa no futuro :)

    ResponderEliminar
  2. Andei afastada deste mundo e perdi algumas coisas por aqui... Não te posso dizer muito :s Só te posso dizer que o melhor é saíres de casa, não te isoles...e quanto menos souberes sobre ele melhor... um beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Ohh, estou a ver que as novidades não são boas :S
    Força, não desanimes! *

    ResponderEliminar
  4. Apesar de tudo, este texto está lindo... Força, muita força! O tempo cura tudo, dizem que sim...
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. a cat's tem razão, tens de sair, divertir, estar com outras pessoas... só tu tens de arranjar força para saíres dessa situação. dar tempo ao tempo. beijinho rapariga

    ResponderEliminar
  6. Oh linda... fiquei muito triste quando agora li que tu e o teu namorado já não estavam juntos que, tal como eu, já estavam juntos há 4 anos. E acredita que sei bem a dor, o pânico, tudo e e mais alguma coisa que se sente nesta altura. Qualquer coisa, apita, está bem?

    ResponderEliminar
  7. Como te compreendo minha querida e acredita quando realmente amamos alguém tornamo-nos dependente dessa pessoa, a verdade é mesmo essa e quando deixa de fazer parte da nossa vida, parece que perdemos o sentido de viver. Mas acredita não é o caso e vais conseguir superar essas perda. Em relação ao post anterior tenho a dizer que escreves o que bem te apetecer aqui minha querida, seja triste, lamechas, deprimente. Não é por isso que deixaremos de estar aqui para ti. Beijinho grande e abraço bem forte*

    ResponderEliminar
  8. Escreve e devaneia tudo o que te vai na alma. ;)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. Oh não gosto nada de saber essas coisas, também um namoro tão duradouro, desvanecer-se com o tempo... horrível, desejo-te toda a força e felicidade do mundo :/

    r. Apesar de ser força virtual não deixa de ser força querida e espero ajudar nem que seja só por palavras...

    obrigada dedicarei mais tempo a escrever e a ler os lindos blog's que sigo :')

    ResponderEliminar
  10. Desabafa sempre aqui, este é o teu espaço!
    Chora..reflecte todas as vezes que forem precisas,
    Vai custar imenso, percebo o que sentes..
    A vida parece injusta..tantos pensamentos a cada segundo..tudo faz lembrar a outra pessoa, muito complicado..

    Espero que tudo se resolva, desejo.te tudo de bom Daniela :)

    ResponderEliminar
  11. estive ausente do blogue e agora que aqui volto tens esta novidade triste :(
    força, desabafa aqui essas coisas todas. tens montes de leitores que só desejam que fique tudo bem! :) um abraço **

    ResponderEliminar
  12. Olá lindona, só agora é que tive a oportunidade de vir ao blog e era óbvio que tinha de passar por aqui :3
    Soube do que aconteceu há algum tempo, e fiquei destroçada. Um relacionamente que parecia tão sólido desabou sem mais nem menos! Fiquei mesmo triste, e imagino como te deves tar a sentir... :'( Quero que saibas que estou aqui para tudo o que precisares! E temos que combinar uma prainha nestes dias, para espairecer eheh! Beijinhos linda e sê forte, que eu sei que o és! <3

    ResponderEliminar
  13. deita cá para fora. Um grande amor é difícil se esquecer

    ResponderEliminar
  14. não te deixes ir abaixo, são momentos difíceis mas passarão, ainda tens muito para viver :)

    ResponderEliminar
  15. O tempo cura tudo, a seu ritmo é certo, mas cura. Eu sou a prova disso, ainda não curada, mas melor.
    Força, acredita no futuro e realmete não te isoles, sai, distrai, faz coisas novas, conhece novas pessoas. Acredita que é o melhor.

    Bjins força

    ResponderEliminar

Obrigado pela tua opinião!