sábado, 17 de março de 2012

(...)

Desde bem pequenina tenho recordações de uma senhora que me dava boas energias, uma senhora que era tão querida que era impossível não sentir um imenso carinho por ela. Era alguém que se tivéssemos a ter um mau dia, era capaz de nos levantar o ego em segundos. Esta senhora creio que há coisa de 2 anos atrás mais coisa menos coisa foi diagnosticada com cancro na mama e ai o mundo dela desmoronou, notava-se que mesmo assim continuava optimista, com um sorriso na cara, tirando aqueles dias maus que todos nós temos... Com os inúmeros tratamentos que difíceis foram conseguiu livrar-se do mal. Ontem esta senhora faleceu, não da doença mas dos efeitos secundários da cura. E eu nunca pôs esta opção em causa, nem estava preparada para ela, já tinha travado uma luta tão grande, tinha que terminar assim? ... Estou devastada. O funeral dela vai ser agora ás 10h...

Espero que estejas num sitio lindo rodeada por outras lindas flores Hortense...

8 comentários:

  1. a vida é assim :S quem faz falta parte sempre primeiro..enfim

    ResponderEliminar
  2. Das consequencias da cura?Opá detesto essas doenças assim!os meus sentimentos!
    **

    ResponderEliminar
  3. Ohh que tristeza =/ De certeza que ela queria que continuasses positiva e de sorriso na cara por isso nao te deixes ir a baixo :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Olá :) Deixei um Tag para ti no meu blogue, se quiseres responder, dá um saltinho neste link http://anniekz.blogspot.pt/2012/03/tag-11-perguntas.html

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  5. finalmente, passados muitos meses, acho que tudo está a resolver-se.
    Obrigada pelo teu comentário e os meus sentimentos!

    ResponderEliminar

Obrigado pela tua opinião!