terça-feira, 30 de setembro de 2008

30 de Setembro de 2008

Hoje, realmente não sinto vontade de escrever, mas ultimamente parece que tenho uma própria necessidade de faze-lo, portanto acho que devo seguir as minhas necessidades, mesmo achado que pronto, não tenho nada de interessaste para contar.Modo: Hoje não estou deprimida. Hoje sinto me especialmente racista, e cada vez mais os pretos (apenas os que não são meus amigos), metem me cada vez mais raiva e nojo por todas as atitudes.Enfim, sinto que nos e que somos considerados racistas, mas o povo mais racista e esse próprio. Pelos vistos a professora de AI tinha razão em relação a isso..Sem contar com isso do racismo, achei um piadao a minha colega ter dito que o meu cabelo parecia uma peruca, enfim, quase me soltou da boca que "pelo menos o meu parece, o teu é", mas não quero já arranjar conflitos com a turma e etc. Quanto ao cabelo, secalhar vou curtalo um dia destes, estou a ficar farta o meu corte, estou com o cabelo tao comprido, dá me quase pelo rabo. Estou entusiasmada com o meu desempenho escolar, acho que começo a dar de caras com outro tipo de ambição, ser ser aquela grande parte de ambição que tenho em relação ao amor, este tipo de ambição dava me geito na escola.
Enfim não tenho mais nada para dizer :]
A minha mestruação já terminou

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

29 de Setembro de 2008

Modo: Apático
Sinto que me tornei numa imagem destroçada de mim, tudo que pensava ser, todas as ideias que tinha sobre mim própria parecem mudar. Será que mudei tanto neste ano? Sinto me a diminuir como pessoa, sinto a perder todas as qualidades que se inseriam em mim, sinto que me estou a fechar novamente dentro de uma concha, sinto me tão infantil, parece que me estou a tornar numa criança novamente, numa grande criança. Depois de tanta gente a achar que sou madura de mais para a minha idade, sinto e vejo-me praticamente como todas aquelas pessoas que odeio, por serem tão imaturas, sem cabeça. A Inês bem tinha razão, este ano ia estranhar muito, e de facto é muito estranho para mim, penso que também estou a fechar me por apenas me dar ultimamente com rapazes, e não sei, não estou habituada a abrir me para rapazes, a não ser o Bruno o Mate e o Gonçalo. Hoje dei por mim a chorar sentada no chão da escola, com o Carlos (não é o Mate) a perguntar me o que tinha, e senti-me completamente incapaz de lhe responder, como algo serrasse a minha boca e impedisse me de responder. Foi tão frustrante, por vezes, sinto me com vontade de falar, falar, falar e simplesmente as palavras acabam por não sair, sinto me completamente fechada em mim própria. Enfim também confesso que é estranho as coisas que estou a dar, em designe por exemplo, é tão estranho para mim, o facto de tudo o que a professora me disse, eu ja ouvi, e dei, em Oficina de artes, em EV e principalmente em Desenho, ainda hoje falamos sobre o ritmo, sobre o negativo e o positivo, e eu já dei tudinho disso. Também e estranho o facto de muitos de nos sermos mais velhos, mas sinto me tão "pequena", tão nova, mas de uma maneira de que devia estar a frente, no 11º ano. Engraçado não e? enfim. Penso que hoje é o meu ultimo dia de menstruação.

domingo, 28 de setembro de 2008

28 de Setembro de 2008


Ontem deitei-me, olhando para o vazio do meu quarto, rodeavam me apenas as minhas paredes roxas de angustia e dor, e a minha parede preta de tristeza, e desejei que chovesse, mas pelas frexas do estore passavam apenas raios de luz, do sol. Adormeci a pensar o quanto era bom, ouvir o som da chuva, o som do vento a bater no meu estore, aliviando a minha alma, mas a claridade continuava a passar pela minha janela, fechei os olhos limitando me a pensar que o que tinha desejado tinha acontecido. Várias horas depois, acabou apenas por acontecer, e eu que estava a dormir, fiquei apenas com o meu desejo de escutar a som do que me alivia, do que me agrada.
Hoje acordei mais aliviada, ontem as 4 da manha faltou a luz, em todo o concelho, tive uma sensação um pouco estranha enquanto isso, até me dava certa dor de barriga, mas é completamente normal devido ao tempo. Hoje não vou estar com ele, vou ao Seixal, visitar uma amiga minha que esta gravida, o pai do futuro filho dela e um amigo meu que a namorada acabou com ele, e eles já tinham 2 anos (acho). Enfim a vida e feita de coisas que não esperamos. Apetecia-me estar com ele, mas acho que ja me habituei a ideia, ontem apenas fiquei triste de saber que pudia ter estado com ele, mas não lhe apteceu sair de casa, acontece a todos nos não e mesmo? Acabo de reparar que ainda nao fiz o trabalho de TIC, são duas fichas de trabalho, já estou a ver que vou faze-las há noite ou então pedir uma ajudinha ao Luís. O carlos mandou me sms ontem, sinto que secalhar fui um pouco antipatica para com ele nas sms, de facto as coisas mudaram muito, e eu sei lá sinto uma especie de rancor ou dor, sinto que nos afastamos de mais, quase num ponto de nos tornarmos desconhecidos. Esperei tanto que ele me mandasse uma sms a dizer que na sexta feira estava la na minha escola, de certo esperei por essa sms 3 semanas, e pronto vim a saber que ele sexta não vem porque mudaram lhe o horario e ele tem sexta-feira livre.
Na sexta já tive com a Inês, revelei-lhe o que tivera escrito aqui no blog. Ela pronto agiu normal, e achou normal, ela de facto andava muito atarefada, tambem me revelou que não tem lido o meu blog ultimamente, porque pronto eu tinha isto em privado para a minha mãe nao puder ler a minha estupides aguda, mas as pessoas ficam coisas, muitas vezes não lhes aptece fazer log in e pronto. Enfim, ontem acabei por revelar que o amava, ele ficou um pouco envergonhado, não me disse algo sobre isso limitou se a "corar", mas pronto tambem não esperava que ele me dissesse algo, afinal de contas eu sei que ele ainda nao sente o mesmo por mim, e de facto acho que é algo prefeitamente normal, eu sou um ser dificil de lidar. Mas posso dizer que depois de o ter dito, sinto-me mais aliviada. :]

sábado, 27 de setembro de 2008

27 de Setembro de 2008

Ena, não ontem não fiz nada como é lógico, é só drama. Mas enfim, agora apenas estou a chorar, já não sei, que fazer a minha vida, o que fazer dela, sei lá, parece que dedicar me apenas as aulas e aos estudos, não me preenche, hoje é Sábado, 3 fim de semana que não vou estar com ele, já percebi que a relação que não existe vai se basear na quarta-feira, até passar a ser um minuto por 3 dias ou 4, e depois acabar por deixar de existir, o modo que nos temos afastado, pensei que ele me compreendesse, mas afinal, acho que me enganei, Hoje é o terceiro dia de menstruação, e como todos os meus namorados ou pseudo namorados anteriores, quando estou mestruada afastam-se. Pelas palavras que ele me disse, pensei que ele me iria estar a apoiar, a estar do meu lado, mas pelos vistos eu não lhe dou motivação suficiente para ele ter vontade de estar comigo.
Mais um dia e sinto me infeliz. Já vi que a vida não quer nada comigo, vou me dedicar a pesca, neste caso a minha cama, como todos os dias infelizes, vou dormir a tarde toda.
Bons sonhos Daniela, bons sonhos.



Eu sim, perdi a motivação para tudo e para todos.

Sonhos felizes para mim.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

26 de Setembro de 2008

Bem mais um dia, não é que tenha algo interessante para contar, digamos que tive uma mini-discussão com o moço, mas isso não e bem uma novidade, digamos que eu fiquei a espera na escola por ele, e ele pensava que eu tinha me ido embora e foi se embora com os amigos de carro, enfim, eu avisei lhe mas pronto confusões com o telemóvel, e ele só viu o telemóvel quando já estava no carro pelo que me disse, e pronto duas horas a espera quase desperdiçadas, ou digamos que não foram lá muito aproveitáveis, mas sempre fiz companhia a Inês.
A lista dela não venceu, e pelos vistos os outros ganharam com alguma "ilegalidade", mas bem não interessa estão a tentar resolver coisas, penso que não posso entrar em pormenores.
Estou me a sentir a ir para trás com a Física, mas a explicação que a prof me deu em privado, deu para espairecer melhor as ideias, eu sempre achei que matemática devia ser para números e não para formulas, porque raio fazer contas sem os números todos lá coff , enfim para mim e um pesadelo, mas acho que estou a conseguir atinar . E como vem não tenho nada de jeito para falar, visto que não alguém interessante e cheia de acontecimentos, apenas dramas.
Bem, segundo dia de menstruação, de manha comi cenouras as rodelas com açúcar já derretido e fresco (uma espécie de xarope de cenoura), ao almoço comi uma perna de frango com batatas fritas, e agora ao "lanche" comi o resto das batatas, ena que saudável, enfim. E depois de um colega meu ter dito que estava a comer hambúrgueres, agora estou com um belo desejo de comer cheese burger, enfim já não vou ao mc há séculos, mas agora para o jantar calhava me bem uma sopinha.
Novidade mais óbvia e que se me sinto gorda, mas isso já se pode tornar um facto, e a outra novidade, e que já ando indiferente para tudo enfim.
Esgotei o saldo do portátil, ou seja só vou puder ir para la de novo dia 1. Ou seja nos dias que a minha irma tem universidade, que são os dias da semana, não vou puder la estar, que porreiro.
A minha mãe não deverá gostar de saber que o saldo pumba foi-se, pelo que a minha irma disse, está negativo, disse que foi de ter ido ao youtube por la, que "gastá bue" enfim agora já sei, pá semana ate ao fim do mês, só entro no msn e acabou. Há a minha mãe, já na semana passada ou a duas andou a coscuvilhar o meu blog e dos meus amigos todos, enfim não gostei mas não posso fazer nada, e um site publico, ate porque os meus amigos, não gostam muito da ideia de isto estar em privado, alguns não tem paciência para fazer log in, outros para se inscreverem.

Minha irma pediu me para procurar sobre cores e humor, e cromo terapia, e vim a descobrir que há uma medicina onde as cores curam as pessoas interessante.
Bem mas vou deixar aqui o significado de cada cor, já que hoje o que me apetece mais é escrever.



  • Cinza: elegância, humildade, respeito, reverência, sutileza;
  • Vermelho: paixão, força, energia, amor, liderança, masculinidade, alegria (China), perigo, fogo, raiva, revolução, "pare";
  • Azul: harmonia, confidência, conservadorismo, austeridade, monotonia, dependência, tecnologia, liberdade;
  • Ciano: tranqüilidade, paz, sossego, limpeza, frescura;
  • Verde: natureza, primavera, fertilidade, juventude, desenvolvimento, riqueza, dinheiro (Estados Unidos), boa sorte, ciúmes, ganância, esperança;
  • Amarelo:velocidade, concentração, optimismo, alegria, felicidade, idealismo, riqueza (ouro), fraqueza, dinheiro;
  • Magenta: luxúria, sofisticação, sensualidade, feminilidade, desejo;
  • Violeta: espiritualidade, criatividade, realeza, sabedoria, resplandecência, dor;
  • Alaranjado: energia, criatividade, equilíbrio, entusiasmo, ludismo;
  • Branco: pureza, inocência, reverência, paz, simplicidade, esterilidade, rendição;
  • Preto: poder, modernidade, sofisticação, formalidade, morte, medo, anonimato, raiva, mistério, azar;
  • Castanho: sólido, seguro, calmo, natureza, rústico, estabilidade, estagnação, peso, aspereza.
Á e há mais, as coisas que as cores fazem.

Significado das cores

Vermelhas - São indicadas para pessoas indispostas, desmotivadas e para quem precisa enfrentar exaustivas atividades. Vestir roupas vermelhas em determinadas ocasiões sociais põe a pessoa em evidência, tornando-a atraente e sedutora. As pessoas ansiosas ou que se irritam com facilidade devem evitar essa cor.

Alaranjadas - Sugerem encorajamento e bravura, sendo ideais para os momentos em que é preciso enfrentar grandes desafios, para quando a pessoa estiver se sentindo amedrontada ou deprimida. Elas auxiliam na expressão verbal e corporal, despertando o otimismo e a auto-estima. Nos momentos de tensão, que podem ocasionar discussões, não é recomendado vestir o laranja.

Amarelas - São leves e joviais. Favorecem a comunicação e transmitem alegria. São ideais para os momentos de descontração e festividade. Pessoas inseguras e que precisam transmitir confiabilidade não devem vestir o amarelo.

Verdes - Sugerem equilíbrio, ponderação e bom senso, permitindo uma ampla análise da situação. Proporciona serenidade no pensar, evitando o pré-julgamento e as decisões precipitadas. São excelentes para a prática de atividades que exijam precisão. Seu uso é recomendo para quem se encontra agitado, nervoso e estressado. As pessoas indecisas devem evitar vestir o verde.

Azuis - Calma, tranqüilidade e serenidade são os principais atributos da cor azul. Roupas com essa cor são indicadas para aliviar as tensões diárias e os desgastes emocionais. Usar azul sugere uma atmosfera que facilita a aproximação entre as pessoas. As roupas de tonalidades azul-escuro são desaconselhadas para quem apresenta tendências depressivas.

Violetas - Aumentam o poder de concentração, despertam o interesse e suavizam as preocupações, proporcionando paz e elevação. Favorecem no posicionamento perante as pessoas, sendo indicadas para exercer uma função de comando, tomar importantes decisões e manter o controle de uma situação. Desaconselhadas para as ocasiões alegres, descontraídas e festivas.

Marrons - Transmitem firmeza, segurança e maturidade. São excelentes para os negócios. Auxiliam a pessoa a ser mais direta e objetiva, transmitindo seus pontos de vista com mais consistência. Não são recomendadas para os contatos afetivos, como o namoro, nem para momentos de descontração com os amigos.

Brancas - Vestir-se de branco sugere transparência e serenidade nos contatos interpessoais. Os trajes são leves, conspirando pela paz e harmonia entre as pessoas. São indicados para quem se encontra em ambientes tumultuados. Não há inconveniente em se vestir de branco.

Pretas - Suavizam os traços excessivos do corpo, sendo ideal para as pessoas obesas. Sérias e imponentes, promovem uma certa distância entre as pessoas. Por um lado, isso facilita imposição de respeito; por outro, compromete a integração entre aqueles que compartilham de um mesmo ambiente, induzindo ao isolamento. Não são recomendadas para a comunicação. Pessoas tristes, deprimidas e com baixa estima, devem evitar se vestir de preto. (As informações são da Revista Sexto Sentido)


Acabei de ver que praticamente nenhuma cor é perfeita para mim, e se é apenas nao gosto de me ver com ela, eu sou depressiva, mas sou obesa, acho que vou continuar com o preto.
cof cof



"as pessoas obesas têm maior probabilidade de sofrer de depressão do que o resto da população; por outro lado, as pessoas deprimidas têm maior probabilidade de engordar e tornar-se obesas do que as que não sofrem deste transtorno.(...)

A depressão acarreta, entre outrs consequências, alterações fisiológicas ao nível hormonal e imunológico, capazes de alterar o peso e a imagem corporal. Além disso, o desinteresse generalizado e a desmotivação, sintomas “clássicos” da doença, podem levar o doente a uma vida mais sedentária, sem exercício físico ou cuidados com alimentação, ou até conduzir a distúrbios alimentares que incluem o excesso de comida."



quinta-feira, 25 de setembro de 2008

25 de Setembro de 2008

(coiso ...)
Enfim depois de pouco tempinho, apareceu me e o período, e de repente fiquei com melhor humor, tensão pré-menstrual deixa me louca completamente, depois de discussões atrás de discussões acabei por passar uma espécie de tarde inteira, que não foi realmente inteira, mas que foi óptima, e de facto ele estava tão carinhoso no fim. Quanto a ele estar comigo na escola, eu já nem peço nada para não me sentir egoísta, não quero fazer disto uma obrigação para ele, se ele quer estar com os amigos dele é completamente normal, já me apercebi, que nos as moças somos estúpidas, acabei por reparar que hoje em dia, nos e que vamos atrás dos rapazes, antigamente era o contrario, os rapazes iam a porta das raparigas, ver das raparigas, porque amam as raparigas, hoje, acabo por me sentir culpada, por sentir que se calhar estou a pressionar ele a passar mais tempo comigo, mais tempo do que ele pode disponibilizar, mas de facto não consigo de me sentir só, principalmente nos intervalos, o curioso e que estou sempre rodeada de um monte de gente. Mas as vezes sinto a pessoa, a quem o meu coração pertence, tão perto mas tão distante, e sei lá é tão estranho ele estar por perto e não puder estar sempre do lado dele, abraça-lo beija lo e tudo o resto, mas que adianta? Não quero ser colas, não quero ser um peso na vida dele. Hoje, tentei não incomoda-lo, só fui ter com ele uma vez, estando todo o resto do tempo com os meus colegas, enfim.
Já comprei o cacifo, já tratei das equivalências, já tenho o livro para o contracto de leitura de Português, estou a ler Adrian Mole Na Sua Crise Da Adolescência, até é engraçado, enfim, também é um diário fútil, mas tem mais piada do que o meu.
Noticia, doí me a cabeça, a barriga, o meu corpo está esgotado, se tivesse de fazer educação física decerto que teria desmaiado hoje na escola, bem mas depois de "passar mal" o meu colega o Carlos (delegado de turma), levou me a enfermeiria e coiso e tal tive a beber um chazinho de não sei o que não faço a mínima ideia, que por acaso aqueceu o meu estômago.
Agora, ainda não me deitei, o que já devia ter feito, estou com um pouco de febre, mas enfim.
Daqui a momentos, ou talvez uma hora, vou me deitar e tomar um banhinho e esperar que amanha esteja ligeiramente melhor.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

23 de Setembro de 2008

Eu e o Ricardo temos discutido todos os dias, parece que não nos estamos a entender como esperava. Ele tivera me dito que iria me dar atenção, muita atenção. Principalmente quando mais precisasse, neste caso nesta altura, quinta-feira aparece me o período, porreiro. Já tivemos conversas aos milhares a discutir por telemóvel, digamos que eu não vejo os amigos dele a afastarem se dele quando eu estou do lado dele, então eu não falo com ele apenas porque não quero e não porque não me sinto a vontade de o fazer, eu so queria um abraço, mas parece que está dificil. É uma razão tão fútil, mas sinto me tão infeliz, da maneira de como sinto que as pessoas se estão a afastar de mim, e tudo tão mau...A Inês coitada está ocupadissima com a Lista na escola, não tem tempo para mim, compreendo a situaçao, mas sinto que estou a ir abaixo, e não estou a ver ninguém ao meu lado. O Carlos, alem de ter mudado de escola está sem net, o Bruno, está no Porto. E engraçado e que a pessoa que mais falei mal ate agora e que parece ter tempo para mim, apesar de olhar para tudo o que ele diz com segundas intenções da parte dele. É incrível, a culpa e minha, sou exigente de mais, exagero de mais, faço drama a mais, tudo. Sinto tanta pressão em cima de mim, que de um momento para outro tudo era capaz de desistir, o meu corpo está a começar a ceder, a pouco e pouco vou ficando doente, e num pequeno inpasse meu, tudo pode parar de existir. Os meus colegas de turma são simpáticos, estou a gostar de os conhecer, contudo, sinto me sozinha da mesma.
Peço desculpa a duas pessoas pela quebra de promeça, e lamento, o que provavelmente vai voltar a acontecer.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

15 de Setembro de 2008

Primeiro dia de aulas, pumba Daniela ficou super parva, estava super alegre, acabei por me meter com quase toda a gente da turma, mas pronto parece que são todos muito envergonhados a maioria ainda não conseguiu se soltar, mas depois da apresentação primeiro dia de aulas já deu para conhecer melhor as pessoas da minha turma, algumas mal as conheço e ja me metem nojo, mas enfim as coisas podem mudar, odeio completamente risinhos e pessoas para o gozo, pode até nao ser comigo, mas nao gosto acho muita má onda, des que dizerem que o professor de tic é gay e bla bla, e a gozarem com o homem a torto e a direito, sim quando e uma vez, por vezes tem graça, mas pessoas a rirem se na aula toda, até mete nojo, o homem já e um pouco dificil de perceber do que esta a falar devido ao tipo de voz que tem, depois com monte de gente a rir se, e que não se percebe mesmo, e pronto eu nao quero estar constamentemente a ser incomodada por colegas infanties, e sempre giro estar no gozo nas aulas e isso, mas quero atinar possa, nao quero tirar mas notas, quero me esforçar a serio, ainda mais agora que vou ter matematica e fisica, e eu que tive 1 a matematica no 9º ano e no ano passado em artes que nao tive matematica, queria pelo menos ficar a perceber aquilo para nao ficar com modulos em atrazo, mas agrada me o facto de se tiveros negativa num modulo pudemos repetir o exame, e se chumbarmos denovo ao exame pudemos faze-lo de novo mais em setembro, enfim , parece que estou com a pica toda para as aulas, e para o curso, enfim sou uma croma! Como diz o Luís "tu es o contrario das outras pessoas". Bem mas adorei primeiro dia de aulas, o meu Gonçalinho fartou se de me abraçar, tive com iris com a ines com a pim, enfim fiquei feliz, já tinha saudades disso tudo, e para quem passou todos os dias a contar para a escola começar, menos estes ultimos dias que começaram a ser perfeitos, enfim. Outra coisa e que me sinto tao confusa em relaçao ao shrek, nao sei, o que sinto por ele e tao forte, parece quase como o amasse, mas sei lá e tao estranho, comecei a gostar dele nem faz um mes e já sentir isto, eu ja a dias que ando baralhada a quanto a isso, mas nunca comentei, sei la se e verdade isto que eu sinto, nao quero me precepitar porque pronto, que eu gosto mesmo dele nao tenho duvidas nenhumas, mas se tenho um sentimento mais forte, nao quero me precepitar para nao passar de uma ilusão, So quero acreditar que realmente sinto algo desse genero quando tiver a certeza, tenho medo de estar a ficar obsecada por ele, tenho saudades constantes, sinto triste sempre que ele me da menos atençao, quero sempre estar com ele, não consigo parar de pensar nele. Não sei. Adoraria ser a namorada delee, sei lá, mas nao sei se e isso que ele quer, não sei se ele quer ter algo serio comigo, mas secalhar as coisas ainda sao muito recentes, muito frescas, vou deixar andar, nao quero precionar nada nem ninguem.
A minha mestruaçao deve estar denovo quase a começar, começo a ficar deprimida, insuportavel, com vontade de começar coisas completamente cheias de calorias como chocolates e batatas fritas e sinto me horrivelmente quanto ao meu aspecto, sinto me feia e gorda para variar grrr.

sábado, 13 de setembro de 2008

13 de Setembro de 2008

A minha mãe fez anos hoje. De 43, passou para 44, e continua jovem, é apenas mais 300 e tal dias na vida dela. Ofereci-lhe um quadro feito por mim, dedicado a ela como é claro, a minha irmã ofereceu-lhe um Licor Beirão, o meu cunhado um copo de colecçao, e a sogra da minha irmã deu-lhe uns brincos de prata, o meu pai para variar não lhe deu nada, mas nos há tarde depois de termos almoçado no Chinês, fomos ao cinema, so eu a minha irma e a minha mae, e pagamos os bilhetes com o cartao de credito do meu pai, o que ele nao deve saber, fomos ver a mamma mia, foi espetacular, e há de quem diga que nao so porque é um musical, depois fomos as compras lá no continente, e pronto vi o shrek e os amigos, senti tanta vontade de ir lá e beija-lo, abraço, é tão estupido o facto de ter tantas saudades dele, ainda ontem tive com ele, acho que pronto, velha Daniela voltou, penso que estou apaixonada de novo, já nem penso no André da maneira como pensava, se penso nele é como amigo, quando falam dele, o que me deixa super feliz, o facto de já nao sentir aquela coisinha quando estou do lado dele, o Shrek tem me feito muito bem, tenho andado bastante alegre, mesmo depois daquela borrada que ele fez, os ultimos dias tem sido perfeitos, enfim, futil e apaixonada, bem e agora há noite fomos comer no Restaurante 1º de Janeiro, eu a minha irma, a minha mae, o meu pai e o meu avo. Tivemos a cantar os parabens ainda há pouco, ela parece estar alegre. O meu avo regressou do hospital ontem quase a meia noite, ferio se nas costas, no rabo, e tem umas feridas nos braços, mas graças a deus não é nada de grave. Outra coisa, em Dezembro, devo ir para França, ainda não sei, o meu avo vai, a minha mae em principio tambem, e eu se calhar tambem vou, mas o meu avo já disse, se nao for agora, vou depois, parece que o meu tio de lá vai se casar, so nao sei quando. A apresnetaçao na escola já foi, na minha turma, tem o Luís que pronto, o meu colega de carteira que eu gosto muito, tenho 3 raparigas de cor, uma delas está em Espanha porque roubaram lhe os documentos la, e ela so pode voltar no fim do mes, tem a Karla, que sinceramente odeio, mas pronto pode ser que decida "ficar amiga dela", porque pronto, até agora, demosntrou-me ser uma falsa de primeira, whatever. Tenho um rapaz que sei que é mesmo do rock, tem aspecto de ouvir screamo, mas tinha uma camisola de slipknot, deve ser +- como eu em teros de gostos, mas tambem nao falei com ele, o resto era maoria "Brazone" ou como isso se chama, e pronto tenho umas quantas raparigas do hip-hop mas nao intereça, parece ser uma turma simpatica. Bem vou deixar aqui o meu horario.


Pronto a dois dias atras se nao me engano, o andre ja me veio dizer que eu e o shrek nao ficamos bem juntos, e que falei da namorada dele mas que ele, pronto a tentar que o shrek nao e bonito -.-' enfim

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

12 de Setembro de 2008

Bem la vem os azares de novo.
Ainda a pouco, fui há Amora, depois de ter ido lá de manha para a apresentação, fui também há tarde, para comprar um presente para a minha mãe que ela faz anos amanha dia 13, ao fim de tanta busca acabei por não encontrar nada que achasse que se identificasse com ela, portanto comprei pincéis que ja nao tinha nenhuns visto que o meu pai arranjou uso para eles, e comprei uma tela, que pronto moça de artes e tal, decidi fazer uma especie de quadro para a minha mae.
Mas voltando ao que intereça, já depois de estar com o moço, apanho o autocarro e de seguida recebo uma mensagem da minha irma, dizendo que estava no Hospital com o Avo. Bem, dai o meu panico, ele é o meu unico avo, e eu? Eu gosto bastante dele. O que está a ocurrer, e que des do falecimento da minha avo, o meu avo parece que se tenta matar acidentalmente, ou outra opção, está mesmo com uma onda de azar. Depois de dia 29 de julho, é a segunda vez que vai parar ao hospital, primeiro cai das escadas, e agora tem um acidente de mota, estou bem a ver o que esta para acontecer. Todos os meus outros avos faleceram, e eu gosto mesmo do meu avo, nao sei se e de preposito, nao sei se é azar, mas nao estou a gostar da situaçao.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

10 de Setembro de 2008


Bem o avante já passou, teve coisas dês da minha mãe estar me quase a dar nas trombas por ter perdido o ultimo autocarro no primeiro dia, uma amigdalite do caraças porque apanhei um monte de chuva logo no primeiro dia, e ainda tive de estar ate as seis da manha fora de casa. Supostamente passei a noite toda a chorar, o menino já estava bêbado de mais e deu um linguado a Cátia, quer dizer ela e que o beijou assim do nada e depois vem me abraçar a pedir desculpas. Sinceramente, fiquei pior que estragada. Sim compreendo que são todos muito amigos de infancia e bla bla, mas coiso não se faz, ainda por cima vendo que estava la ao lado a olhar. Ele bem que admitiu que também não ia curtir se eu beijasse um amigo meu a frente dele, e pronto acabou por pedir desculpas a noite toda, pronto nos não namoramos mas não gostei da situaçao. Porque se ele gosta de mim, não vai estar a beijar outras gajas assim. Enfim mas já passoi. Depois chegou o Sábado, o moço, bebida de mais e outras coisitas que nao intereça e com o estomago quase vasio , Pumba começou se a sentir mal, tive de segurar a cabeça dele enquanto ele vomita, cheguei a entrar em pânico, estava com medo de que lhe acontecesse alguma coisa. estive mesmo assustada, no Domingo apesar do calor a mais, foi um bom dia.
A minha escola, atrazadissima, primeiro era para sair os horarios dia 8, depois dia 9, depois dia 10 agora ja e dia 12. A minha apresentação e dia 12, as 11:30 na sala 23 e eu sou o numero 9, por agora.




Achei piada ao facto do Andre ter me visto com o shrek e dizer "ele e demaziado alto para ti" enquanto eu quando vi a Sofia disse que ela nao era assim tão bonita:X

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

03 de Setembro de 2008



Mais um dia acordei mal disposta, tal como adormeci, estou com uma cara de ranhosa que nem sei.
Whatever, estou meio happy, mais um ano se vai passar e não vou perder o avante, posso dizer que dês que me lembro que lá vou, mesmo sabendo que não vou la dês que nasci. Devo ficar um pouco dividida entre grupos, até porque ninguém me convidou para ir, penso que o shrek não o fez por não haver lugar no carro, mas ele tem a noção que eu vou querer chateá-lo. O Bruno Anastácio e o André Alves também vão, disseram se quisesse para ir com eles, e voltar com eles, mas não sei se me vou sentir há vontade, pelo que sei vão com o pessoal de vila nova, ou seja só gente que não conheço. Quanto a juntar me ao grupo de Patzi ou do Jimmy, não pensei nisso, apenas quero vê-los estar com eles durante uns poucos, e alguns momentos, não quero ser colas, também devem estar rodeados de pessoas que não conheço. Convidei a Inês para ir comigo na sexta-feira, ela não deve querer ir, não sei, como toda a gente deve se estar a divertir com bebida e droga, também não faz o meu estilo, mas tento que as coisas me passem ao lado.
Li no blog da ines que os horários so saem dia 9. Realmente -.-' escola está um pouco atrazada.











O André depois de me ter convidado para sairmos ontem disse me que estava com dores, e derivados por não sei o que, e que não estava e condições de sair, mas se quisesse ir tomar conta dele que estava a vontade. Eu respondi que não teria depois como voltar, que ficaria para uma próxima quando ele estivesse melhor. cof :X

terça-feira, 2 de setembro de 2008

01 de Setembro de 2008

Bem, la vem mais uns dramazitos exagerados da menina adolescente. Hoje perguntei há minha mãe quando ia me comprar os Ep's, e pumba, ela diz, "ainda não sei se os vou comprar". Eu cheia da fé que ia conhecer a Patzi, rapariga super simpática, uma jóia de pessoa, e que ia conhecer o Jimmy, e taramm a minha mãe está com duvidas se mo compra ou não -.-'. Que feliz, eu a pensar que ia la estar a curtir o avante com eles mais o Shrekzito e talvez chatear o meu amigo André Guimarães . Enfim.


Outro dramazito.

um amigo meu está a ameaçar se matar porque disse que estava a dar bem com um rapazito do meu "grupo de amigos". Eu sempre fui muito sincera com ele, que não estava apaixonada, que o adorava, mas não era algo romântico. O eu pensei, ele se vai tentar algo, vou ligar para o 112 que tenho a morada dele. Mas enfim ele esta de ferias no Algarve, e não tenho morada de la. que fixe. So espero que ele ganhe conciencia de que pronto eu sei que e mau, todos nos sofremos de amor, mas a todos nos ja nos aconteceu coisas mil vezes piores e continuamos aqui, e ele so tem de continuar, ate achar alguém realmente certo para ele. Eu so queria a amizade dele. mas enfim parece que ele depois disto não me quer falar mais, tenho pena, eu apenas queria amizade dele. Farta de passar por situações sempre iguais a estas. Espero que ele não faça nada.